Valorizando suas descobertas da Libras – intérprete de Libras

Quando eu estava na 4ª série do Ensino Fundamental, minha professora D. Nilza passou um trabalho que durou todo o ano. Deveríamos escrever um texto para cada uma das datas comemorativas que ela havia elencado. Algumas eram mais fáceis de pesquisar, outras, nem tanto. Minha mãe se desdobrou para que eu pudesse ter em mãos os materiais de pesquisa.

Eu ficava fascinado com tudo que encontrava. [Daí provavelmente veio minha paixão pela pesquisa, agradeço à D. Nilza e à minha mãe, pelo incentivo]. O que mais me impressionava era ver o nome de homens e mulheres que entraram para a história porque contribuíram com a vida de milhares, milhões e até bilhões de pessoas com suas invenções e descobertas.

Ficava pensando em criar algo que contribuísse com a vida das outras pessoas. Algo que fizesse o mundo melhor… Ficava imaginando os grandes cientistas e suas invenções mirabolantes… Pensava até que um dia seria um cientista maluco [como é bom ser criança!]

Muito tempo depois é que descobri que na verdade, todo mundo já descobriu algo… já criou alguma coisa… Todos aprendemos coisas novas em nosso dia a dia. Mas nem sempre a gente mesmo se valoriza… As maçãs já deveriam ter caído na cabeça de milhares de pessoas, mas foi Isaac Newton quem descobriu a Lei da Gravidade…

E você? Está atento ao que descobre no seu dia a dia como tradutor intérprete de Libras? Muito conhecimento é criado, novos sinais da Libras, novas ideias, novas descobertas, mas em geral, isto se perde… como evitar isto?

 

 

Gostou? Deixe seu comentário Abaixo. Sua opinião é importante para mim

 

Sobre o Autor

Madson Barreto

Eu acredito que surdos e ouvintes merecem ter a Liberdade de se expressarem e se comunicarem fluentemente em Libras..

14 ComentáriosDeixe um comentário

  • Gostei bastante do vídeo, bem interessante porque nos leva a pensar sobre detalhes que as vezes nos passa despercebido. Porém tenho uma duvida em relação ao desenhar..pode criar os desenhos para representar ou existem desenhos específicos, onde posso encontrar?

    • Vanessa,
      Na verdade não são desenhos, mas sim um sistema de Escrita chamado no Brasil de Escrita de Sinais (SignWriting) é utilizado em mais de 40 países em todo o mundo.
      É um sistema específico para a escrita das línguas de sinais…

      Nos próximos vídeos vou falar mais sobre isto…

  • Depois de assistir seu vídeo, só tenho uma coisa a pedir. Que Deus abençoe seu trabalho. Nunca vi nada tão elucidativo quanto. Já adquiri o livro e concordo contigo: os sinais precisam mesmo ser escritos, por que já passei por isto. Trabalhando com música com uma aluna surda ele deu sinal e eu fiquei sem saber como registrar.

    Continue nesta jornada, precisamos disso amigo!

  • Gostei muito da sua explicação prof. Madson, sempre utilizei a técnica de escrever o sinais com as configurações, movimentos e etc…. Não tinha dificuldade, pois tenho uma memória muito boa em relação aos sinais que aprendo. Mas ás vezes, como o sr mesmo disse, acabamos esquecendo alguns detalhes que fazem toda a diferença!!!! Abraço!!!

  • Muito explicativo esse vídeo, trata alem de tudo sobre os problemas enfrentado pelo professor e pelo aluno surdo, mais o interprete e os sinais que precisam ser criados pois não existe uma forma de fazer isso rápido e de maneira eficaz.

    Eu também pulo todos videos que trazem muita informação e só no fim tem o que eu preciso?
    Acho mesmo importante ter um maneira eficiente e rápida. Porem só agora que há uma maior divulgação de escrita de sinais. Eu conheci em 1997 e nao apliquei nada em minha vida ..mas hoje depois que iniciei o curso sobre aquisição da linguagem achei interessante entender mais sobre escrita de sinais.
    obrigada!!!

    ps..Um detalhe que eu perdi ou você não falou: o sinal que você mais explicou não ficou claro sobre o que ele quer dizer afinal. Não disse que o sinal quer dizer qual palavra ou conceito. Se eu perdi isso me perdoe.

    • Marthas,
      pois é… puxa vida, se desde aquela época você já tivesse aprendido a Escrita de Sinais, acredito que estaria anos luz à frente hoje… mas tudo tem o tempo certo…
      Acho que está referindo-se ao sinal com as duas ‘mãos em 1’, é isto?
      Se for, o sinal indica: Uma pessoa está atrás de outra e entrou na frente dela pela direita.

  • Muito interessante, é sempre bom aprender mais, mas é realmente como você coloca, não adianta aprender e esquecer, dessa forma, registrando, é possível aprender novos sinais para utilizá-los e guarda-los para rever conforme a necessidade de cada momento.

  • Admiro a sua desenvoltura e o seu conhecimento ao escrever os sinais. Tenho vontade de ficar assim, igual a você! Parabéns!!! Vou me dedicar ao máximo!
    O que você aborda é muito pertinente, pois, de fato a escrita de sinais (SignWriting) auxilia no entendimento e registro preciso do sinal. Venho comprovando isto na prática com os alunos surdos.
    Abraços.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien