O fantástico mundo de Bob e a Libras

Na aula anterior, conhecemos as artimanhas do inimigo nº 1 do aprendiz de Libras (e questões gramaticais da Libras). Foram muitos comentários e fiquei muito motivado a gravar esta aula (seus comentários me ajudam a saber se estou no caminho certo e se estes conteúdos são relevantes para te ajudar rumo à fluência na Libras

Nesta aula vamos refletir sobre como pensar visualmente. E para falar sobre isso, lembro de minha infância. Que época fantástica da vida! Isso me faz pensar no desenho O fantástico mundo de Bob. Bob é um menino de 3 a 4 anos de idade que fica sempre andando num pequeno triciclo. 

Bob viaja na imaginação, por vezes seu pensamento é muito literal. O menino não consegue interpretar muitas expressões idiomáticas, metáforas, etc. Este é um desenho fantástico e nos ajuda a refletir muitas coisas sobre a Libras.

Quando vamos estudar a Libras, pensamos em muitas coisas. Muitas conscientes, outras tantas inconscientes. A ausência da percepção destas nuances, nos atrapalha.

Uma destas nuances é a linearidade da Língua Portuguesa. Para pronunciar uma frase, emitimos sons, sílaba por sílaba, que formam palavras, orações, frases. Nosso pensamento em língua portuguesa, é nesta língua. Isto é natural à nossa primeira língua.

Quer ver uma coisa? O que você já fez hoje? É provável que seu cérebro começou a processar muitas listas de coisas em português. No entanto, se digo imagine um lugar muito bonito onde você já foi. E então vem imagens no seu cérebro, provavelmente. Algumas coisas pensamos através de palavras, outras através de imagens.

Quando estamos aprendendo Libras, somos tentados (tendemos mesmo!) a pensar em Português e então traduzir tudo mentalmente para a Libras e vice-versa. Que armadilha terrível!!

Quais são as dicas e lições que O Fantástico Mundo de Bob nos dá sobre estudar a Libras? Bem, vamos responder esta questão na vídeo aula acima.

 

Gostou? Deixe seu comentário Abaixo. Sua opinião é importante para mim

 

Sobre o Autor

Madson Barreto

Eu acredito que surdos e ouvintes merecem ter a Liberdade de se expressarem e se comunicarem fluentemente em Libras..

15 ComentáriosDeixe um comentário

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien