A Escrita de Sinais funciona mesmo?!

 

O imaginário comum por vezes nos leva a desperdiçar tempo e energia. Muitas coisas que gostamos, ou que não gostamos simplesmente herdamos de uma tradição que sabe-se lá quem criou. O mesmo ocorre com a Libras. O não questionar ou não parar para refletir determinadas crenças e práticas nos afasta de onde mais queremos chegar. Joseph Campbell dizia que: “A caverna onde tens medo de entrar guarda o tesouro que mais procuras”. Neste contexto, surge a Escrita de Sinais (SignWriting) e ecoa a pergunta: “A Escrita de Sinais funciona mesmo“?

Quase todo dia alguém me pergunta se a Escrita de Sinais realmente é capaz de escrever tudo – tudo mesmo – da Libras e se as glosas já não fazem isto bem.

Glosas são a representação de uma língua através de outra. Quando linguistas investigam uma determinada língua indígena, por exemplo, registram a maneira como percebem estes sons.

No caso das línguas de sinais, as glosas geralmente são feitas na escrita da língua oral. O mesmo ocorre com as glosas da Libras. Foram criadas COM O OBJETIVO de auxiliar em pesquisas… não para o uso no dia a dia.

Assim, tem muita gente que me pergunta: “Ah, porque os surdos falam igual um índio – EU ESTUDAR AMANHÔ? Dizem que aprenderam isso num curso de Libras… Imagine minha cara de quem não está entendendo a pergunta… Pra começo de conversa: índio não fala assim. Que etnocentrismo exacerbado!

No entanto, sei exatamente ao que se referem. Disseram a essas pessoas que a Libras não tem conjugação verbal (mito!) não tem preposição (mito!), e não tem um tanto de outras coisas.

A verdade é que a Libras independe da Língua Portuguesa, e portanto, a forma como cada fenômeno linguístico ocorre tem natureza própria.

 

Já que é assim, por que escrever a Libras usando a estrutura do português? E então surge novamente a questão: “A Escrita de Sinais funciona mesmo”?

Costumo responder esta pergunta com uma outra: qual o melhor jeito de pegar água?

Neste vídeo você entenderá isto melhor

 

 

Gostou? Deixe seu comentário Abaixo. Sua opinião é importante para mim

 

Sobre o Autor

Madson Barreto

Eu acredito que surdos e ouvintes merecem ter a Liberdade de se expressarem e se comunicarem fluentemente em Libras..

3 ComentáriosDeixe um comentário

  • Gostei; é um comentário muito proveitoso, e gostaria de saber quanto ao ensino de SW se vc tem já preparado alguma coisa para a escrita propriamente dita?

  • Madson,

    na sua fala eu pude perceber que a escrita de sinais é incorporada por um sentimento latente, que transmite realidade pelas expressões faciais e corporais; tive a sensação de que ouvimos as palavras mediante a escrita e, não uma simples leitura.

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *

WP-Backgrounds Lite by InoPlugs Web Design and Juwelier Schönmann 1010 Wien